Coluna Mercado Aberto – FSP – A incidência de colesterol alto entre executivas aumentou de 40% para 50% entre 2000 e 2016